Educopédia e NAVE

Olá Amigos

Nesse final de semana participei do projeto Educopédia, da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, lá no Colégio Estadual José Leite Lopes ou mais conhecido como NAVE – Núcleo Avançado de Educação que é uma parceria do Governo do Estado do Rio de Janeiro com a Oi.
O lugar por si só já vale a visita, pois é maravilhoso. Um sonho para quem como eu trabalha e respira educação e tecnologia todos os dias a mais de 10 anos, e estar num lugar daqueles é um sonho que espero sinceramente ver repetido em todos os municípios do estado. Não digo todas as escolas serem como o do NAVE, mas pelo menos uma escola daquela em todos os municípios do estado.

Mas voltando ao projeto do Educopédia, que é um projeto do Subsecretário de Projetos Estratégicos Rafael Parente, fiquei encantado com o método de seleção utilizado pela equipe da UFRJ e do Instituto Oi Futuro, através da Organização Oi Tonomundo, pois foge do tradicional exame de currículo e parte para o que cada um realmente pode fazer. No método proposto por eles efetivamente poderá se avaliar o que cada um tem para dar ao projeto Educopédia. Além de ter tido a sorte de ficar em dois grupos (especialista e grupo de trabalho 1) muito legais, mas gostaria especialmente de agradecer as professoras Renata e Lenita que foram fantásticas nas contribuições e minha nota para elas é 10.

A minha felicidade ficou ainda mais completa, pois tive a oportunidade de encontrar dois queridos amigos virtuais, que neste final de semana se materializaram em carne e osso, deixando de serem apenas bits na imensidão da internet. Espero poder contribuir bastante para o projeto, mas mesmo que não fique no grupo final vou torcer pelo projeto, pois ele é muito bom e vai acrescentar e contribuir bastante a educação do município do Rio de Janeiro.

Sinceramente espero que ideias inovadoras e libertarias sejam mais constantes na educação brasileira. E como diz uma frase de um dos cartazes lá do NAVE que profetiza: “É uma nova era de linguagens que está sendo escrita, um Big Bang de novas informações. Por isso, é preciso inovar. Ser criativo.

Viva o novo.

Abraços

Equipe NTE Itaperuna