Cobertura do Campus Party #CPBR5 e do #Educaparty

Olá amigos

Ontem é hoje (até agora) foram maravilhosos do ponto de vista dos debates que rolaram no Campus Party #CPBR5 e no #Educaparty dois debates fantásticos que todo educador deveria ter tido a oportunidade de acompanhar. O primeiro foi o debate Cultura Livre e Inovação em Educação com Tel Amiel (@edaberta), Nelson Preto (@nlpretto), Regina Alves e Felipe Sanches e o outro foi o “Games na Educação: apertando o start” com Gustavo Steinberg, Luciano Meira, Mila Gonçalves (@miladatgon), Sabrina Carmona, Lynn Alves.

Perguntas e frases como “A educação vai se reeducar?”, “O bom professor é o que tem a capacidade de atrapalhar e não de ajudar” foram só a ponta de um iceberg de ideias maravilhoso que vai render com certeza muito debate e reflexões.

Agora um vídeo oficial do Campus Party #CPBR5 com o resumo do segundo dia.

https://s3.amazonaws.com/campuschannel/playercampus_es.swf

Aqui tem um resumo detalhado do primeiro dia do #Educaparty http://ht.ly/8Y9N9.

Amanhã mais novidades pra vocês aqui no Caldeirão de Ideias

Abraços

Robson Freire

#Educaparty e o #CPBR5 começaram muito bem

Olá amigos

Ontem o Campus Party #CPBR5 foi cheio de atividades e a abertura do #Educaparty com a palestra do Sugata Mitra onde ele deu um show de simplicidade e de conhecimento de educação muito raro. Suas previsões sobre o fim do celular e a entrada inevitável deste na sala de aula mostram uma visão bem futurista. Suas experiências foram bem absorvidas pelos presentes. Especialista em tecnologia educacional, ele acredita que o aparelho vai dar lugar a outra tecnologia em cerca de 5 anos, assim como aconteceu com a vitrola e o walkman:

“O celular foi ficando melhor, mais barato e rápido. Se eu tivesse que fazer uma previsão, diria que ele vai desaparecer em 5 anos”, afirmou. Segundo Mitra, as novas tecnologias vão lançar um desafio aos professores. “O que a educação deve fazer quando os jovens tiverem o Google nas suas cabeças? Como você vai saber que um contabilista é mesmo um contabilista ou se ele está apenas usando o Google? O significado da educação, do diploma, terá que mudar em menos de 10 anos”,

Sugata Mitra mostra a experiência com internet em favela na Índia (Foto: Flavia de Quadros/indicefoto.com)

Outro grande momento foi a palestra do Andreu Veà, um dos pioneiros da internet, no palco principal da Campus Party, nesta terça-feira (7), para falar sobre o início da rede. Veà é presidente da Internet Society e ajudou a lançar e estabelecer empresas no Vale do Silício, na Califórnia.

“Como imaginar a internet? A internet é uma inteligência distribuída”, explicou, no evento em São Paulo. Ele, então, pediu para a plateia no Anhembi se levantar e bater palmas durante 7 segundos. “Foram 7 segundos sincronizados. Você escuta o vizinho, vê o momento em que ele está batendo, e tenta acompanhá-lo para sincronizar a batida com a dele. Isso forma um conjunto harmônico. É um exemplo de inteligência distribuída, e é assim que funciona a internet.”

Andreu Veà na Campus Party 2012 (Foto: Flavia de Quadros/indicefoto.com)

Bem o dia hoje continua cheio de atividades e de novidades acontecendo o tempo todo, para esse blogueiro insider do #Educaparty. Amanhã traremos um outro resumo do que rolou de novidades e de interessante no Campus Party #CPBR5 que vai contar com as palestras de Dave Haynes e de Neil Harbisson o primeiro cyborg… IMPERDÍVEL. Lembrando que para quem não pode estar presente (o/) as transmissões das palestras podem ser acompanhadas pelo canal oficial do Campus Party #CPBR5 que é o Campus Party Live http://live.campus-party.org/

Abraços

Robson Freire