>Mini-Tutorial: aTube Catcher

>Olá Amigos

Sempre o pessoal me pergunta qual o melhor programa que tem e que eu uso para baixar vídeos do YouTube, respondo sem medo: aTube Catcher. Não só pela possibilidade de baixar vídeos, audio ou converter vídeos em outros formatos, mas pela possibilidade de juntar vídeos e fazer um DVD só com  os vídeos que  você baixou na internet e pela espetacular ferramenta de capturar telas inteira e transforma-las em vídeo aulas (passo a passo).

Ela é com certeza a alternativa definitiva para download de vídeos da internet e literalmente pulverizou a concorrência. O aTube Catcher baixa vídeos de dezenas de páginas e ainda pode convertê-los para diferentes formatos logo após o download.

Ele também faz as vezes de um editor, baixando vários vídeos e juntando todos em um único arquivo. O programa é ainda um conversor para os vídeos que você já tem. Ou seja, uma excelente ferramenta para quem quer aumentar e organizar sua coleção de vídeos.

YouTube, Stage6, MySpace, Dailymotion, Megavideo, Google Video, Metacafe, iFilm, Yahoo! Vimeo… Esses são apenas alguns exemplos de todos os sites com os quais o aTube Catcher é compatível. Você baixa, salva o arquivo em seu computador ou no seu celular, iPod, PSP, DVD, VCD, MP3. Tudo isso feito facilmente, mas se você tem conhecimento sobre qualidade de conversão, ainda tem a possibilidade de personalizar seus vídeos.

Escolha o idioma de sua preferência.

O formato padrão utilizado pelo aTube Catcher é o MPEG4 AVI, e o programa é compatível com 3GP, 3G2, AVI, XVID, MP4, MP3, MP2, WMA, WMV, GIF, FLAC, WAV, PSP, MPG, VOB, OGG, MOV e AVI. O software está disponível em seis idiomas. Tudo é feito em uma interface muito simples e agradável.
Basta copiar e colar o endereço do vídeo desejado e iniciar o download e/ou conversão. O programa facilita ainda mais sua vida, pois sempre que você copia o link de alguma das páginas reconhecidas automaticamente o endereço já é selecionado para download. Vídeos que estão adicionados em outras páginas (por exemplo blogs) também podem ser baixados, desde que o código original não seja modificado.

Para baixar o aTube Cacther http://goo.gl/3ZtHX

Instalando e Usando

A instalação do aTube Catcher é simples e não deve durar muito. Apenas execute o arquivo baixado e siga as instruções que aparecem. Na primeira vez em que o programa for executado, você é perguntado em qual idioma deseja utilizá-lo. Português está entre as opções.

Atenção!

O programa instala uma barra de pesquisa em seu navegador e marca a pagina inicial como Ask.com. Marque a opção “Custom installation” e desmarque as duas caixas para instalar apenas o aTube Catcher.

Escolha a opção

01 – Após baixar o arquivo dê dois cliques para iniciar a instalação

02 – Selecione o idioma “Português (do Brasil)” e clique em “OK”

03 – Clique em “Avançar”

04 – Deixe os 2 itens selecionados e clique em “Avançar”

05 – Clique em “Instalar”

06 – Aguarde a instalação dos arquivos

07 – Selecione novamente “Português (do Brasil)” e clique em “OK”

08 – Clique em “OK”

09 – Após a instalação o site do aTube Catcher será aberto. Simplesmente feche-o

10 – Clique em “Concluir”

11 – Clique em “OK”

12 – Esta é a tela principal do aTube Catcher. Para testar, clique em “Copiar link de teste”

13 – E em “Moldura”, clique em “XVID (DIVX Compatible)”

14 – Clique em “Baixar”

15 – Aguarde enquanto o video é baixado

16 – Clique em “Sim” e o video será exibido

Juntando tudo

Vídeos do YouTube, por exemplo, não podem ter mais que 10 minutos de duração. Outros sites também têm restrições quanto ao tamanho dos downloads. Logo, é comum ver vídeos longos divididos em partes.

Basta colar os links da série de vídeos. 

O aTube Catcher, além de baixar, também reúne séries de vídeos e junta tudo. Assim  você nem precisa usar um programa de edição de vídeos somente para “colar” tudo. A ferramenta, chamada “Download and Join”, é muito fácil de ser utilizada. No menu “Ferramentas”, clique em “Download and Join” para começar.
Na pequena janela aberta, cole os endereços dos vídeos que você quer juntar. Não é necessário utilizar links do mesmo site, e isso dá margem para a sua criatividade. Selecione os vídeos e faça a mixagem como bem entender. Você só precisa ter em mente que, quanto mais vídeos forem listados, mais tempo a conversão pode demorar.

Autenticação

O aTube Catcher usa o seu login e senha de sites como Dailymotion, YouTube, CrunchyRoll, Orange e Kewego. Assim, você baixa arquivos pessoais ou que necessitem de verificação de cadastro. Outra excelente novidade deste programa é o suporte para listas.

Basta inserir o endereço de uma playlist e você é perguntado sobre quais vídeos de qual lista deseja baixar, sendo possível escolher todos eles. O aTube Catcher gerencia os downloads e as conversões um a um.
Também é possível usar o endereço de uma pesquisa para baixar vídeos mais específicos. Digite um tema, veja os resultados e escolha aqueles que você deseja baixar.

Opções de conversão

As possibilidades de personalização das conversões lhe permitem definir qualidade e resolução do vídeo, formato da tela (4:3 ou panorâmico), canais de áudio, codecs utilizados e outras configurações.
O aTube Catcher ainda vem com um tocador para arquivos FLV e a ferramenta Smart Media Hunter, a qual baixa seus vídeos favoritos de centenas de páginas, o que inclui comerciais de TV. Há ainda muitas outras ferramentas que vale a pena ver, uma a uma.

Clique na caixa em destaque para abrir as opções.

Em seguida, o aTube Catcher pesquisa se você possui instalados os codecs Xvid, necessários para a execução de alguns tipos de vídeo. Caso você não tenha, o próprio programa os instala para você.
Para começar, escolha o que você quer, entre as duas opções principais do programa: baixar um vídeo da internet ou converter um arquivo FLV para outro formato. Caso escolha a primeira, basta copiar o link do vídeo desejado no campo “Origem”. Clique em “Colar” se você tiver o endereço copiado na área de transferência (ou use a combinação “Ctrl+C”).

Utilize esta opção para fazer download dos vídeos.

Abaixo, no campo “Salvar para”, escolha a pasta onde o arquivo baixado deve ser salvo. Clique em “Explorar” para procurar e indicar tal pasta. Por último, no campo “Extensão arq.”, escolha o formato desejado entre vários disponíveis. Clique em “Baixar” para fazer o download e converter o arquivo.
Se você deseja converter um arquivo FLV para outro formato, basta indicar o local em que ele se encontra, no campo “Origem”, onde você deseja salvá-lo, no campo “Salvar para” e clicar em “Converter”. O programa afirma converter arquivos FLV para outros formatos, no entanto, é possível fazê-lo com arquivos de vídeo para outros formatos também. Teste e veja as possibilidades.

Utilize esta opção para converter seus vídeos para outros formatos.

Aqui abaixo um passo a passo em vídeo:

Turbo e captura de streaming

O programa agora conta com a velocidade turbo, que quando ativada, pode chegar até 600% da transferência normal. Depois de ter baixado o seu vídeo, pode gravar CDs e DVDs com o arquivo em apenas dois passos super simplificados.
Quando for necessário capturar streamings em formato Flash, ou seja, SWF ou FLV, o aTube Catcher pode resolver muito bem esse problema. O StreamCatcher é a aba certa para você coletar os conteúdos dos quais precisa. Basta estar na página que contém essa mídia e aguardar que o aTube Catcher capture o sinal de transmissão.

Capture streamings!

Também é possível gravar vídeos que estejam na sua tela, independente de ser MSN ou Yahoo! Messenger. Além disso, outros sites como o Hulu, CBS e outros podem ser baixados neste modo. Quando o vídeo terminar de ser baixado, você pode convertê-lo rapidamente e em grandes quantidades em pouquíssimos cliques!

Converta!

Vale lembrar, também, que os DVDs gravados com a nova versão do aTube Catcher podem ser reproduzidos nos aparelhos domésticos sem qualquer problema. Isso sem contar as URLs que são detectadas automaticamente pelo programa. Com esse recurso, você não precisa mais copiar ou colar o endereço. Aqui abaixo um pequeno tutorial que ira ajudar a usar essa incrível ferramenta.

Baixando Vídeos do Youtube

Quando iniciar o programa, você vai ver algo parecido com isto:

Em “Salvar para”, selecione o destino aonde o seu vídeo será enviado. Para baixar um vídeo, basta copiar e colar a URL do mesmo na caixa de texto do programa onde diz “URL”, logo após, clique no botão “Baixar”, como mostram as imagens abaixo:

Aqui abaixo um passo em vídeo:


Baixando apenas o Som do Vídeo

Gosta do som mas não consegue tê-lo por causa do vídeo? Existe uma solução, bem simples! Para isso você deve repetir o processo explicado anteriormente, a diferença é que você deverá trocar o “Perfil de Saída” para WMA, como mostra a imagem abaixo:

 

Convertendo Formatos de Vídeo

Para começar, clique no botão “Video Converter”, localizado na parte superior da tela do programa (1). Em seguida, clique no botão “Adicionar” e procure pelo vídeo que você quer converter (2). Em seguida, em “Perfil de saída”, escolha o formato que você quer o vídeo salvo (3). Clique no botão “…” e escolha um destino para o seu vídeo (4). Para finalizar, clique no botão “Converter”, espere carregar e pronto! (5)

Capturando a Tela do seu Monitor

Muito útil para aqueles que quiserem lançar Previews dos seus projetos, o aTube Catcher oferece essa opção para o maker. Para começar, clique no botão “Screen record”.

1. Selecione a área da tela que vai ser gravada. Para isso existem duas opções: “Traçar Área” e “Escolher Janela”. Recomendo a opção Traçar Área, pois com o mouse você fica livre para escolher o lugar exato que você quer que seja gravado.
2. Selecione a fonte de áudio. Recomendo que você deixe ligado a opção “Mixagem estéreo”, pois irá “mixar” todas as opções de gravação (microfone, etc).
3. Defina o formato de saída. O programa tem o formato WMV como padrão.
4. Selecione a pasta de saída, ou seja, a pasta onde o vídeo será salvo.
5. Configure as opções de gravação. Isso fica ao seu critério. Para começar a gravação, clique no botão “Start”. Quando quiser parar, clique no botão “Parar”. Quando parar o vídeo, ele automaticamente será salvo na pasta escolhida. Caso queira um Preview do seu vídeo, clique no botão “Reproduzir”.

Agora espero que esse tutorial ajude vocês agora nas suas aulas web 2.0

Abraços

Equipe NTE Itaperuna

Mini-Tutorial: aTube Catcher

Olá Amigos

Sempre o pessoal me pergunta qual o melhor programa que tem e que eu uso para baixar vídeos do YouTube, respondo sem medo: aTube Catcher. Não só pela possibilidade de baixar vídeos, audio ou converter vídeos em outros formatos, mas pela possibilidade de juntar vídeos e fazer um DVD só com  os vídeos que  você baixou na internet e pela espetacular ferramenta de capturar telas inteira e transforma-las em vídeo aulas (passo a passo).

Ela é com certeza a alternativa definitiva para download de vídeos da internet e literalmente pulverizou a concorrência. O aTube Catcher baixa vídeos de dezenas de páginas e ainda pode convertê-los para diferentes formatos logo após o download.

Ele também faz as vezes de um editor, baixando vários vídeos e juntando todos em um único arquivo. O programa é ainda um conversor para os vídeos que você já tem. Ou seja, uma excelente ferramenta para quem quer aumentar e organizar sua coleção de vídeos.

YouTube, Stage6, MySpace, Dailymotion, Megavideo, Google Video, Metacafe, iFilm, Yahoo! Vimeo… Esses são apenas alguns exemplos de todos os sites com os quais o aTube Catcher é compatível. Você baixa, salva o arquivo em seu computador ou no seu celular, iPod, PSP, DVD, VCD, MP3. Tudo isso feito facilmente, mas se você tem conhecimento sobre qualidade de conversão, ainda tem a possibilidade de personalizar seus vídeos.

Escolha o idioma de sua preferência.

O formato padrão utilizado pelo aTube Catcher é o MPEG4 AVI, e o programa é compatível com 3GP, 3G2, AVI, XVID, MP4, MP3, MP2, WMA, WMV, GIF, FLAC, WAV, PSP, MPG, VOB, OGG, MOV e AVI. O software está disponível em seis idiomas. Tudo é feito em uma interface muito simples e agradável.
Basta copiar e colar o endereço do vídeo desejado e iniciar o download e/ou conversão. O programa facilita ainda mais sua vida, pois sempre que você copia o link de alguma das páginas reconhecidas automaticamente o endereço já é selecionado para download. Vídeos que estão adicionados em outras páginas (por exemplo blogs) também podem ser baixados, desde que o código original não seja modificado.

Para baixar o aTube Cacther http://goo.gl/3ZtHX

Instalando e Usando

A instalação do aTube Catcher é simples e não deve durar muito. Apenas execute o arquivo baixado e siga as instruções que aparecem. Na primeira vez em que o programa for executado, você é perguntado em qual idioma deseja utilizá-lo. Português está entre as opções.

Atenção!

O programa instala uma barra de pesquisa em seu navegador e marca a pagina inicial como Ask.com. Marque a opção “Custom installation” e desmarque as duas caixas para instalar apenas o aTube Catcher.

Escolha a opção

01 – Após baixar o arquivo dê dois cliques para iniciar a instalação

02 – Selecione o idioma “Português (do Brasil)” e clique em “OK”

03 – Clique em “Avançar”

04 – Deixe os 2 itens selecionados e clique em “Avançar”

05 – Clique em “Instalar”

06 – Aguarde a instalação dos arquivos

07 – Selecione novamente “Português (do Brasil)” e clique em “OK”

08 – Clique em “OK”

09 – Após a instalação o site do aTube Catcher será aberto. Simplesmente feche-o

10 – Clique em “Concluir”

11 – Clique em “OK”

12 – Esta é a tela principal do aTube Catcher. Para testar, clique em “Copiar link de teste”

13 – E em “Moldura”, clique em “XVID (DIVX Compatible)”

14 – Clique em “Baixar”

15 – Aguarde enquanto o video é baixado

16 – Clique em “Sim” e o video será exibido

Juntando tudo

Vídeos do YouTube, por exemplo, não podem ter mais que 10 minutos de duração. Outros sites também têm restrições quanto ao tamanho dos downloads. Logo, é comum ver vídeos longos divididos em partes.

Basta colar os links da série de vídeos. 

O aTube Catcher, além de baixar, também reúne séries de vídeos e junta tudo. Assim  você nem precisa usar um programa de edição de vídeos somente para “colar” tudo. A ferramenta, chamada “Download and Join”, é muito fácil de ser utilizada. No menu “Ferramentas”, clique em “Download and Join” para começar.
Na pequena janela aberta, cole os endereços dos vídeos que você quer juntar. Não é necessário utilizar links do mesmo site, e isso dá margem para a sua criatividade. Selecione os vídeos e faça a mixagem como bem entender. Você só precisa ter em mente que, quanto mais vídeos forem listados, mais tempo a conversão pode demorar.

Autenticação

O aTube Catcher usa o seu login e senha de sites como Dailymotion, YouTube, CrunchyRoll, Orange e Kewego. Assim, você baixa arquivos pessoais ou que necessitem de verificação de cadastro. Outra excelente novidade deste programa é o suporte para listas.

Basta inserir o endereço de uma playlist e você é perguntado sobre quais vídeos de qual lista deseja baixar, sendo possível escolher todos eles. O aTube Catcher gerencia os downloads e as conversões um a um.
Também é possível usar o endereço de uma pesquisa para baixar vídeos mais específicos. Digite um tema, veja os resultados e escolha aqueles que você deseja baixar.

Opções de conversão

As possibilidades de personalização das conversões lhe permitem definir qualidade e resolução do vídeo, formato da tela (4:3 ou panorâmico), canais de áudio, codecs utilizados e outras configurações.
O aTube Catcher ainda vem com um tocador para arquivos FLV e a ferramenta Smart Media Hunter, a qual baixa seus vídeos favoritos de centenas de páginas, o que inclui comerciais de TV. Há ainda muitas outras ferramentas que vale a pena ver, uma a uma.

Clique na caixa em destaque para abrir as opções.

Em seguida, o aTube Catcher pesquisa se você possui instalados os codecs Xvid, necessários para a execução de alguns tipos de vídeo. Caso você não tenha, o próprio programa os instala para você.
Para começar, escolha o que você quer, entre as duas opções principais do programa: baixar um vídeo da internet ou converter um arquivo FLV para outro formato. Caso escolha a primeira, basta copiar o link do vídeo desejado no campo “Origem”. Clique em “Colar” se você tiver o endereço copiado na área de transferência (ou use a combinação “Ctrl+C”).

Utilize esta opção para fazer download dos vídeos.

Abaixo, no campo “Salvar para”, escolha a pasta onde o arquivo baixado deve ser salvo. Clique em “Explorar” para procurar e indicar tal pasta. Por último, no campo “Extensão arq.”, escolha o formato desejado entre vários disponíveis. Clique em “Baixar” para fazer o download e converter o arquivo.
Se você deseja converter um arquivo FLV para outro formato, basta indicar o local em que ele se encontra, no campo “Origem”, onde você deseja salvá-lo, no campo “Salvar para” e clicar em “Converter”. O programa afirma converter arquivos FLV para outros formatos, no entanto, é possível fazê-lo com arquivos de vídeo para outros formatos também. Teste e veja as possibilidades.

Utilize esta opção para converter seus vídeos para outros formatos.

Aqui abaixo um passo a passo em vídeo:

Turbo e captura de streaming

O programa agora conta com a velocidade turbo, que quando ativada, pode chegar até 600% da transferência normal. Depois de ter baixado o seu vídeo, pode gravar CDs e DVDs com o arquivo em apenas dois passos super simplificados.
Quando for necessário capturar streamings em formato Flash, ou seja, SWF ou FLV, o aTube Catcher pode resolver muito bem esse problema. O StreamCatcher é a aba certa para você coletar os conteúdos dos quais precisa. Basta estar na página que contém essa mídia e aguardar que o aTube Catcher capture o sinal de transmissão.

Capture streamings!

Também é possível gravar vídeos que estejam na sua tela, independente de ser MSN ou Yahoo! Messenger. Além disso, outros sites como o Hulu, CBS e outros podem ser baixados neste modo. Quando o vídeo terminar de ser baixado, você pode convertê-lo rapidamente e em grandes quantidades em pouquíssimos cliques!

Converta!

Vale lembrar, também, que os DVDs gravados com a nova versão do aTube Catcher podem ser reproduzidos nos aparelhos domésticos sem qualquer problema. Isso sem contar as URLs que são detectadas automaticamente pelo programa. Com esse recurso, você não precisa mais copiar ou colar o endereço. Aqui abaixo um pequeno tutorial que ira ajudar a usar essa incrível ferramenta.

Baixando Vídeos do Youtube

Quando iniciar o programa, você vai ver algo parecido com isto:

Em “Salvar para”, selecione o destino aonde o seu vídeo será enviado. Para baixar um vídeo, basta copiar e colar a URL do mesmo na caixa de texto do programa onde diz “URL”, logo após, clique no botão “Baixar”, como mostram as imagens abaixo:

Aqui abaixo um passo em vídeo:


Baixando apenas o Som do Vídeo

Gosta do som mas não consegue tê-lo por causa do vídeo? Existe uma solução, bem simples! Para isso você deve repetir o processo explicado anteriormente, a diferença é que você deverá trocar o “Perfil de Saída” para WMA, como mostra a imagem abaixo:

 

Convertendo Formatos de Vídeo

Para começar, clique no botão “Video Converter”, localizado na parte superior da tela do programa (1). Em seguida, clique no botão “Adicionar” e procure pelo vídeo que você quer converter (2). Em seguida, em “Perfil de saída”, escolha o formato que você quer o vídeo salvo (3). Clique no botão “…” e escolha um destino para o seu vídeo (4). Para finalizar, clique no botão “Converter”, espere carregar e pronto! (5)

Capturando a Tela do seu Monitor

Muito útil para aqueles que quiserem lançar Previews dos seus projetos, o aTube Catcher oferece essa opção para o maker. Para começar, clique no botão “Screen record”.

1. Selecione a área da tela que vai ser gravada. Para isso existem duas opções: “Traçar Área” e “Escolher Janela”. Recomendo a opção Traçar Área, pois com o mouse você fica livre para escolher o lugar exato que você quer que seja gravado.
2. Selecione a fonte de áudio. Recomendo que você deixe ligado a opção “Mixagem estéreo”, pois irá “mixar” todas as opções de gravação (microfone, etc).
3. Defina o formato de saída. O programa tem o formato WMV como padrão.
4. Selecione a pasta de saída, ou seja, a pasta onde o vídeo será salvo.
5. Configure as opções de gravação. Isso fica ao seu critério. Para começar a gravação, clique no botão “Start”. Quando quiser parar, clique no botão “Parar”. Quando parar o vídeo, ele automaticamente será salvo na pasta escolhida. Caso queira um Preview do seu vídeo, clique no botão “Reproduzir”.

Agora espero que esse tutorial ajude vocês agora nas suas aulas web 2.0

Abraços

Equipe NTE Itaperuna

Livro Grátis – Educação e tecnologia: trilhando caminhos

Olá Amigos

A dica de hoje de de minha amiga Tati Martins do fantástico blog ““Mulher é desdobrável. Eu sou.”“. Ele recomendou o livro para ler totalmente grátis. Nesse tempo de crise nada melhor de um livro 0800. O livro indicado é da Lynn Rosalina Alves que é Doutora em Educação e Comunicação entre outras coisas e atuando como:

  • Professora do Departamento de Educação e Comunicação da UNEB – Campus 1
  • Professora do Mestrado em Educação e Contemporaneidade da UNEB – Campus 1, orientando projetos de pesquisa nas áreas de EAD e Educação e Tecnologia.
  • Coordenadora do Projeto de Pesquisa Ensino on-line: trilhando novas possibilidades pedagógicas mediadas pelos jogos eletrônicos.
  • Coordenadora do Grupo de Pesquisa Comunidades Virtuais ( CNPq )
  • Coordenadora dos Núcleos de Educacao e Tecnologia e Educação a Distância das Faculdades Jorge Amado

Alem do livro abaixo há também outros livros para serem baixados, no site.

ALVES, L. R. G., NOVA, C. C. Educação e tecnologia: trilhando caminhos. Salvador : Editora da UNEB, 2003, v.1. p.263.

Download todos os arquivos compactados

Download de cada texto em PDF

Apresentação
Trilha 1 – Educação a Distância
Educação a Distância e Comunicação Interativa
Andréa Lago, Cristiane Nova e Lynn Alves
Os Meios de Comunicação: um Problema para a EAD
Alessandra de Assis Picanço
Educação a Distância: Repensando o Fazer Pedagógico
Vânia Rita Valente
Educação a Distância: Desafios Pedagógicos
Cláudia Magnavita
Tecnologias para EAD via Internet
Mário Sérgio da Silva Brito
Interfaces Gráficas e Educação a Distância
Antonio Luis Lordelo
Trilha 2 – Ambientes e Comunidades Colaborativos de Aprendizagem
Do Discurso à Prática: uma Experiência de Comunidade de Aprendizagem
Lynn Alves
Ambientes Virtuais de Aprendizagem:Problematizando Práticas Curriculares
Edméa Oliveira dos Santos
Mapas Virtuais: Ambientes Colaborativos de Aprendizagem
Alexandra Okada
Trilha 3 – Educação e DispositivosTecnológicos
Educação e NTIC: do Pensamento Dialético ao Pensamento Virtual
Arnaud Soares de Lima Junior
Imagem e Educação: Rastreando Possibilidades
Cristiane Nova
Que Tempo para a Educação? Uma Leitura Psicanalítica
Lídia Maria de Menezes Pinho
A Sala de Aula: Adolescentes e Mídias Digitais
Andréa Lago
Ação Docente e o Livro Didático nos Ambientes Digitais
Vani Moreira Kenski
A Internet como Espaço de Construção do Conhecimento
Simone de Lucena

A Hipertextualidade como Ambiente de Construção de Novas Identidades Docentes
Andrea Cecília Ramal

Abraços e Boa Leitura

Equipe NTE Itaperuna

>Livro Grátis – Educação e tecnologia: trilhando caminhos

>Olá Amigos

A dica de hoje de de minha amiga Tati Martins do fantástico blog ““Mulher é desdobrável. Eu sou.”“. Ele recomendou o livro para ler totalmente grátis. Nesse tempo de crise nada melhor de um livro 0800. O livro indicado é da Lynn Rosalina Alves que é Doutora em Educação e Comunicação entre outras coisas e atuando como:

  • Professora do Departamento de Educação e Comunicação da UNEB – Campus 1
  • Professora do Mestrado em Educação e Contemporaneidade da UNEB – Campus 1, orientando projetos de pesquisa nas áreas de EAD e Educação e Tecnologia.
  • Coordenadora do Projeto de Pesquisa Ensino on-line: trilhando novas possibilidades pedagógicas mediadas pelos jogos eletrônicos.
  • Coordenadora do Grupo de Pesquisa Comunidades Virtuais ( CNPq )
  • Coordenadora dos Núcleos de Educacao e Tecnologia e Educação a Distância das Faculdades Jorge Amado

Alem do livro abaixo há também outros livros para serem baixados, no site.

ALVES, L. R. G., NOVA, C. C. Educação e tecnologia: trilhando caminhos. Salvador : Editora da UNEB, 2003, v.1. p.263.

Download todos os arquivos compactados

Download de cada texto em PDF

Apresentação
Trilha 1 – Educação a Distância
Educação a Distância e Comunicação Interativa
Andréa Lago, Cristiane Nova e Lynn Alves
Os Meios de Comunicação: um Problema para a EAD
Alessandra de Assis Picanço
Educação a Distância: Repensando o Fazer Pedagógico
Vânia Rita Valente
Educação a Distância: Desafios Pedagógicos
Cláudia Magnavita
Tecnologias para EAD via Internet
Mário Sérgio da Silva Brito
Interfaces Gráficas e Educação a Distância
Antonio Luis Lordelo
Trilha 2 – Ambientes e Comunidades Colaborativos de Aprendizagem
Do Discurso à Prática: uma Experiência de Comunidade de Aprendizagem
Lynn Alves
Ambientes Virtuais de Aprendizagem:Problematizando Práticas Curriculares
Edméa Oliveira dos Santos
Mapas Virtuais: Ambientes Colaborativos de Aprendizagem
Alexandra Okada
Trilha 3 – Educação e DispositivosTecnológicos
Educação e NTIC: do Pensamento Dialético ao Pensamento Virtual
Arnaud Soares de Lima Junior
Imagem e Educação: Rastreando Possibilidades
Cristiane Nova
Que Tempo para a Educação? Uma Leitura Psicanalítica
Lídia Maria de Menezes Pinho
A Sala de Aula: Adolescentes e Mídias Digitais
Andréa Lago
Ação Docente e o Livro Didático nos Ambientes Digitais
Vani Moreira Kenski
A Internet como Espaço de Construção do Conhecimento
Simone de Lucena

A Hipertextualidade como Ambiente de Construção de Novas Identidades Docentes
Andrea Cecília Ramal

Abraços e Boa Leitura

Equipe NTE Itaperuna

Tutorial de Quadrinhos em SL

Olá Amigos

Seguindo uma indicação do meu colega de lista de Blogs Educativos Alysson Bruno do blog abruno.com que cheguei ao blog Nóis na Tira do Rodrigo Leão. O Rodrigo Leão fez um tutorial sobre a produção de quadrinhos com softwares-livre.

O cara é fantástico e ADORA software livre, usa sistema operacional Ubuntu Linux e produz algumas tirinhas com GIMP e Inkscape, que alias também ele confeccionou tutoriais. O cara faz umas tirinhas iradas e bem divertidas.

No caso do tutorial sobre HQ ele cita em sua postagem “Divulguem e espalhem o máximo possível este documento. Vamos mostrar que o uso de ferramentas livres para a produção de quadrinhos é possível.” Isso é que é compartilhar conhecimento livremente.

Por isso segue abaixo o tutorial no Scribd e aqui o link original da postagem.

quadrinhos_livres

Abraços

Equipe NTE Itaperuna

Viva o Cinema Nacional

Olá Amigos

Aqui no interior tem um problema muito chato com relação ao cinema nacional. As locadoras em sua grande maioria quase não compram filmes nacionais e quando compram é muito depois do lançamento dos mesmos, tudo isso sob a alegação de que esses filmes não tem público (imagina só), que quase não há procura por filmes nacionais.

Como grande admirador não somente do cinema nacional, em qualquer fase, mas sim da cultura brasileira de um modo geral. O valor de nossa música, dos nossos músicos e compositores é de uma riqueza e qualidade impar. Fico indignado com a afirmação de que não há público nem procura por cultura nacional.


As diversas correntes que são contra a distribuição online de filmes direto para o consumidor é que alimenta a grande industria da pirataria ou mercado alternativo como dizem alguns. Nessa linha alternativa me recomendaram (via fórum) um blog dedicado somente ao cinema nacional.

O nome do blog é Filmes Brasileiros (Download) é vocês podem comprovar que há muito filme, documentário e clássicos do cinema nacional a disposição para download. Há filmes como Amarelo Manga, Linha de Passe, Ultima Parada Ônibus 174, Central do Brasil, Carandiru, Menino Maluquinho, Batismo de Sangue, Amuleto de Ogum, Zé do Caixão, Cartola entre outras delicias do nosso cinema.

Eles usam o método de eD2K (eMule) e via Torrent (BitComet) para baixar os filmes. Fica aqui a sugestão do link pois se na sua cidade assim como na minha é difícil encontrar bons filmes nacionais aqui esta uma opção totalmente gratuita, mas lembre-se: usar comercialmente é crime.

Abraços

Equipe NTE Itaperuna

>Viva o Cinema Nacional

>Olá Amigos

Aqui no interior tem um problema muito chato com relação ao cinema nacional. As locadoras em sua grande maioria quase não compram filmes nacionais e quando compram é muito depois do lançamento dos mesmos, tudo isso sob a alegação de que esses filmes não tem público (imagina só), que quase não há procura por filmes nacionais.

Como grande admirador não somente do cinema nacional, em qualquer fase, mas sim da cultura brasileira de um modo geral. O valor de nossa música, dos nossos músicos e compositores é de uma riqueza e qualidade impar. Fico indignado com a afirmação de que não há público nem procura por cultura nacional.


As diversas correntes que são contra a distribuição online de filmes direto para o consumidor é que alimenta a grande industria da pirataria ou mercado alternativo como dizem alguns. Nessa linha alternativa me recomendaram (via fórum) um blog dedicado somente ao cinema nacional.

O nome do blog é Filmes Brasileiros (Download) é vocês podem comprovar que há muito filme, documentário e clássicos do cinema nacional a disposição para download. Há filmes como Amarelo Manga, Linha de Passe, Ultima Parada Ônibus 174, Central do Brasil, Carandiru, Menino Maluquinho, Batismo de Sangue, Amuleto de Ogum, Zé do Caixão, Cartola entre outras delicias do nosso cinema.

Eles usam o método de eD2K (eMule) e via Torrent (BitComet) para baixar os filmes. Fica aqui a sugestão do link pois se na sua cidade assim como na minha é difícil encontrar bons filmes nacionais aqui esta uma opção totalmente gratuita, mas lembre-se: usar comercialmente é crime.

Abraços

Equipe NTE Itaperuna